sexta-feira, 27 de abril de 2012

Desejo e Reparação!

Eu compreendo o seu silêncio, a sua maneira de sentir a angustia. O jeito de você tratar o traidor. Entendo os seus motivos, as suas razões que combatem o meu não pensar. Admiro a sua maturidade diante de mim em cima de qualquer infantilidade minha. Acima de tudo entendo o seu egoísmo de pensar só em você, sim é necessário olhar para dentro de mim... Você está certo! De todas as maneiras eu tento te mostrar que preciso de você ainda, mas sei do seu tempo, sei que feridas são difíceis de cicatrizar... Eu compreendo porque sei da história!!! E eu mantenho o meu egoísmo de achar que somente está sendo pesado para mim... Perdão e mais quantas vezes forem necessárias PERDÃO. Perdão no sentido de estou muito arrependido do que fiz do lhe causei das marcas que deixei, as ruins! Ao mesmo tempo que esse perdão é sincero e genuíno, quero ir além disso: mudei e quero te mostrar isso! Trazer para você os seus sonhos, tudo aquilo que você me disse, tudo aquilo que você já sonhou e planejou e com todas as formas dentre as palavras, gestos, olhares você me disse e eu simplesmente neguei... Neguei porque estive acomodado, isso, acomodado de achar, pronto conquistei. Mas não eu estive do lado de um ser humano que precisa ser conquistado todos os dias! E eu amo isso em você, toda serenidade de enfrentar tudo isso. Como você me surpreende... O meu desespero é saber que isso pode ser o fim. Porque eu sei dentro de mim e aflorado em minha pele. Te amo e mudei, e arrependi, Te fiz sofre... Reparar tudo isso, meu maior desejo! Eu que falo tanto de direitos, assumo, você tem o direito de ser feliz comigo (meu maior desejo), com outra pessoa (desespero) ou com você mesmo dentro do seu silêncio (totalmente compreensível). Exerça o seus direitos, seja livre nas suas escolhas... E a mim cabe-me aceitar, acatar...Mesmo que eu insista em violar os seus direitos. Perdão por isso também. As mensagens, as ligações são reflexos daquilo que está tão vivo em mim, daquilo que pulsa involuntariamente em mim... Amor sem mensuração por você e o desejo de reparação. E um dia você vai ver...De uma forma ou de outra, cabe-me a obrigação da reparação... Ou mostrando isso a você como estou forte para seguir com você e ser tudo de outra maneira ou deixando apenas na memória aquilo que me fez e vai me fazer feliz pela eternidade... Eternidade, sim ela existe vivo todos os dias a eternidade!!!! Hoje eu pensei, maior em mim é o desejo de reparação ao seu lado...E involuntariamente tirar de você o sorriso, seu lindo!!! Leonardo Manyk.

Nenhum comentário:

Postar um comentário